Abrigo residencial: jovens com deficiencia, quem acolhe?

Abrigo residencial: jovens com deficiencia, quem acolhe?

Regular price $3.83 Sale

O livro contempla produções, em forma de artigos, que envolvem práticas e metodologias no ambiente escolar com destaque nos diferentes sujeitos sociais – negros, índios, refugiados e mulheres. Os desafios do Serviço Social em um país como o Brasil, fraturado por obscenas desigualdades sociais e marcado por uma história de violência, negligência e abandono, são, sabidamente, imensos. Quando o tema envolve a proteção social às pessoas com deficiência, entretanto, a complexidade é muito maior.

Este livro reconstrói o itinerário percorrido Elenice Carine Holand, em seu estágio de formação acadêmica, por um dos tantos labirintos da exclusão brasileira: a realidade vivida em um abrigo municipal onde jovens com múltiplas deficiências estão institucionalizados. Para além dos marcos legais e das tentativas de captar essa complexidade em termos teóricos – dimensões onde se vislumbra os limites do formalismo jurídico e da ideologia – o que emerge da práxis real do estágio em Serviço Social é a radicalidade do encontro capaz de produzir humanidade. É o relato desse encontro que faz desse texto uma fonte de esperança.

Marcos Rolim

Doutor em Sociologia

Esta obra constitui-se em um relato de uma vivência acadêmica incrível, complexa e propositiva que versa sobre jovens com deficiência institucionalizados, seus contextos de vida e suas singularidades. Capítulo à capítulo a autora firma-se frente a um compromisso ético da prática profissional que valoriza a condição da diversidade humana e a eleva como categoria de valor e não como um empecilho ao desenvolvimento da sociedade voltando-se para o propósito de apontar a importância da convivência comunitária para estes usuários a partir da sistemática de iniciativas sob os eixos do trabalho socioeducativo, trabalho social com as famílias e o trabalho com a rede socioassistencial. Em um recorte final, recoloca aos envolvidos um cenário de possibilidades e de desenvolvimento saudável preconizado por ações que possibilitou o olhar de sujeitos de direito. A escuta sensível e a práxis do Serviço Social constituem-se na tônica deste livro e em elementos essenciais frente às jovens com deficiência e suas realidades.

Lisandra Almeida da Silva

Pedagoga e Psicopedagoga com formação em atendimento educacional especializado, assessora técnica em inclusão escolar da Rede Pública e de instituições privadas.